quarta-feira, 24 de julho de 2013

Refrigeração mecânica PSI Basicas





São muitos os tipos de sistemas de refrigeração mecânica.
Eles tem uma grande variedade de formas, tamanhos, arranjos dos componentes e usos.
Se estudarmos refrigeração procurando entender cada um deles, teremos um longo e prolongado estudo. No entanto, como os princípios da refrigeração mecânica e os componentes essenciais são os mesmos, quer o sistema seja grande ou pequeno, podemos aprender a refrigeração estudando o que todos eles tem em comum, o ciclo de refrigeração.
Depois do conhecer bem o ciclo de refrigeração, tornar-se mais fácil olhar para detalhes que diferenciam um sistema de outro.
O principio e o mesmo,
O que muda, como pode ser notado, são o formato e a disposição dos componentes.
Basta clicar nas setas, no canto inferior direito para que a animação avance ou retroceda. Ciclo aberto x ciclo fechado de refrigeração
Os sistemas de refrigeração mecânica utilizam um ciclo fechado, significando que o refrigerante esta isolado do meio ambiente. Num ciclo aberto a substancia que absorve o calor esta exposta ao ambiente.
O refrigerador de antigamente utilizava um ciclo aberto de refrigeração.
O gelo que fazia o resfriamento estava exposto ao ambiente ao seu redor.
Um bloco de gelo era colocado no topo e os alimentos eram armazenados na parte de baixo do aparelho.
O calor era levado por convecção do ar ate o gelo, resfriando os alimentos e derretendo o gelo.
A água produzida levava o calor absorvido dos alimentos para fora do gabinete do aparelho, ate uma bandeja situada abaixo do mesmo.
Num aparelhos desses, o gelo tinha que ser periodicamente reposto e bandeja com água esvaziada para manter o aparelho em operação.
Teoricamente pode se utilizar um refrigerante num sistema de refrigeração de ciclo aberto.
No entanto isso não e feito porque eles são raros, caros e em geral prejudiciais ao meio ambiente.
E por isso que na maior parte do mundo é ilegal liberá-los diretamente na atmosfera. Lado de alta x lado de baixa
O compressor e o dispositivo de expansão trabalham juntos para criar uma zona de pressão alta e uma de baixa no mesmo sistema.
No caso de um ar-condicionado, permitem que o mesmo refrigerante que evapora a 4,4 º C condense a 49 º C.
Esses dois componentes marcam os pontos divisores entre o lado de alta pressão o lado de baixa:
Lado de alta (R22 a 263 PSIG e 49ºC) descarga do compressor; linha de gás quente; condensador; linha de liquido;  entrada do dispositivo de expansão (capilar em geral). Lado de baixa (R22 a 69 PSIG e 4,4ºC) saída do dispositivo de expansão;  evaporador;  linha de sucção;  entrada do compressor.
Sistemas de ciclo fechado
No caso de um ar-condicionado, o compressor recebe o gás refrigerante numa pressão e temperatura baixa (cerca de 4,4ºC) e o comprime.
A descarga do compressor esta no lado de alta do sistema.
O compressor eleva a pressão ata cerca de 263 PSIG e temperatura de ate 77º C.
Também no lado de alta esta localizada a tubulação que leva o gás quente do compressor ate o condensador.
Esta tubulação e chamada de linha de gás quente.
O condensador esta localizado no lado de alta, assim como a linha de liquido que liga-o ao dispositivo de expansão.
O refrigerante ele no dispositivo numa temperatura e pressão altas, porem sai dele já com ambas baixas.
A entrada do dispositivo de expansão esta no lado de alta enquanto sua saída fica localizada no lado de baixa.
O evaporador também esta localizado no mesmo lado, bem como a linha de sucção que conecta o evaporador a entrada do compressor.
A linha de sucção, ou entrada do compressor, e o ultimo item no lado de baixa do sistema.


pu7imw@ibest.com.br